4.5.07

A estrada que me trouxe a pé aqui
calçou minha cabeça num meio fio, noutro seio frio fraquejei
fui calçada de pedra
pés de barro pro rei
errei como ninguém aquém do seu caminhar
aonde esses meus pés irão si lavar
ah! quem dera eu ser a ponte e não o apontar
como olhos que buscam o sol pra só olhar e se molhar...

Jsimass


minha primeira composição aqui no Rio

Um comentário:

uma letra! disse...

muito lindo!!!
tava sentindo falta...