10.4.07

Quando eu partir no cheiro de uma madrugada
Levando o sol de um novo dia
Não me olhe com os olhos cheios d'agua
Virei acorde e melodia
Levei uma tristeza inteira pra entender o compasso da alegria
Agora que aprendi a sorrir e ir
Por favor deixe-me partir

Acorde depois de fechar os olhos a dois
Que eu também vou pelos teus dias
Quero sentir mais que respirar
Ser tão leve ter nas mãos o próprio ar
E pode crer que quando o vento te tocar
Sou eu, sou eu, sou eu
Sou eu no teu olhar...

Jsimass e Franklin







mais uma letra de música

3 comentários:

o que alimenta, sempre cala. disse...

meu deus, que lindo!

uma letra! disse...

impossível não ter os olhos cheios d'agua...
se aprendestes sorrir porque partir?
e o vento me toca sempre
es tu
mas não estás...
te sinto muitooooo
a saudade é tamanha!

suka disse...

no meio da madrugada [hoje], chove...
lindo!